Literatura Estrangeira, romance, Uncategorized

O Duque e Eu

angie lester (1)

Sinopse: “Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.”

stock-vector-vintage-gold-frame-on-a-white-background-graphic-vector-design-636295640

Compre na  amazon-logo :  eBook / Físico

Julia Quinn / Arqueiro / Literatura Estrangeira, romance

Partes Favoritas:

Eu adorei os pontos de personalidade da personagem principal, Daphne Bridgerton, que se mostrou uma moça forte e de opinião. Por mais que ela precisasse seguir os costumes culturais da época, por ser mulher, não deixou de lado sua identidade. Tentando ao máximo permanecer sendo ela mesma!!

Comentários:

Daphne Bridgerton não é uma moça comum para sua época, não deixa os costumes e culturas da sociedade a impedirem de ser quem ela realmente é. Criada com sete irmãos, que acabaram a deixando mais esperta, conseguindo levar tudo com muito bom humor, maturidade e na esportiva. Porém, se tornou alguém que não consegue um pretendente decente, principalmente por querer um casamento com amor que a permita construir uma família tão grande quanto a sua. Nesse meio tempo Simon Basset, o duque de Hastings e também conhecido como o solteiro mais desejado, chega a cidade com um passado conturbado e um plano, que envolve uma senhorita Bridgerton, para que as solteiras saiam de seu pé.

A simplicidade toma conta da leitura, com pitadas mais adultas em seu desfecho, cujo diferencial fica por parte da época a qual é retratada, onde os personagens e a própria cultura são muito bem fundamentados. Um romance de época leve e extremamente divertido, que aquece o coração de quem o lê. Mesmo sendo um livro que inclui muitos personagens – família Bridgerton -, não fica confuso. Os personagens vão sendo inseridos de maneira gradativa na narrativa, em terceira pessoa. E ainda, o começo de cada capítulo apresenta uma coluna de fofocas, no estilo do seriado Gossip Girl, que relata tudo o que acontece nos eventos sociais, nos bailes e as peripécias dos mais importantes e cobiçados da sociedade.

Logo no início somos apresentados à base de toda a história, tornando a leitura muito bem escrita e estruturada na medida certa, em minha opinião. Os costumes e pontos da época são bem frisados, principalmente em se tratando de como uma moça devia se comportar. Como a sociedade restringia a mulher, a deixando sem liberdade de expressão; o que me fez pensar o quanto esse tipo de coisa deve ter abalado muito as mulheres, dessa época, psicologicamente.

@oparaisodaleitura (2)

Mensagem:

Simon Basset, o duque de Hastings, precisava superar algo de seu passado durante a narrativa; diante disso, achei admirável o fato de Daphne Bridgerton não entrar na dor dele. Ela não pegou aquilo como se fosse dela, não fez como se ela fosse culpada de algo que não tinha nada a ver com ela; não entrou no papel de vítima e isso me fez vê-la como uma moça extremamente madura, que conseguiu ajudar o duque ainda mais!

Destacando que a superação do problema do outro precisa partir do outro. Por mais que tentemos ajudar se a pessoa não estiver disposta a melhorar, ou a fazer algo diante da situação, não melhorará, ou o fará. O conselho pode ser dado, mas dependerá unicamente da pessoa seguir ou não.

stock-vector-vintage-gold-frame-on-a-white-background-graphic-vector-design-636295640

Ordem / Sequência dos Livros:

1. O Duque e Eu

2. O Visconde que Me Amava

3. Um Perfeito Cavalheiro

4. Os Segredos de Colin Bridgerton

5. Para Sir Phillip, com Amor

6. O Conde Enfeitiçado

7. Um Beijo Inesquecível

8. A Caminho do Altar

9. E Viveram Felizes Para Sempre

 

Compre na  amazon-logo :  eBook / Físico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s