fantasia, infantojuvenil, Literatura Estrangeira, Uncategorized

A Escola do Bem e do Mal: Um Mundo Sem Príncipes

angie lester (1)Sinopse: “Nesta esperada continuação de A Escola do Bem e do Mal, as melhores amigas Sophie e Agatha estão de volta ao seu lar, em Gavaldon, para viver seu desejado final feliz, certas de que seus problemas terminaram. Mas a vida não é mais o conto de fadas que elas esperavam. Quando Agatha escolhe um fim diferente para sua história, ela acidentalmente reabre os portões da Escola do Bem e do Mal, e as meninas são levadas de volta para um mundo totalmente modificado. Agora, bruxas e princesas moram juntas na Escola para Meninas, na qual são inspiradas a viver uma vida sem príncipes. Tedros e os meninos estão acampados nas antigas Torres do Mal, onde os príncipes se aliaram aos vilões, e uma verdadeira guerra está se armando entre as duas escolas. O único jeito de Agatha e Sophie se salvarem é procurando restaurar a paz. Será que as amigas farão as coisas voltarem ao que eram antes? Sophie conseguirá ficar bem com Tedros nessa caçada? E o coração de Agatha, pertencerá a quem? O felizes para sempre nunca pareceu tão distante.”

stock-vector-vintage-gold-frame-on-a-white-background-graphic-vector-design-636295640

Compre na  amazon-logo :  eBook / Físico

 

Partes Favoritas:

A abordagem “Um Mundo Sem Príncipes” mostrando que deve existir um equilíbrio. No qual as mulheres também podem se salvar, não dependendo unicamente de seus homens, mas os homens, também, se fazem presentes e tem um papel importante. E, ainda, mesclando esta mensagem com o assunto princesas de contos de fada, que eu amo muito, e magia!!

“Que uma menina sem um menino é o maior final feliz de todos.”

Comentários:

Nesta continuação, Agatha e Sophie voltaram para sua terra natal, Gavaldon. Mas, em meio a um pedido que saiu sem querer, por parte de Agatha, as duas são obrigadas a retornar para a Escola do Bem e do Mal. Porém, acabam encontrando uma escola diferente do que a que deixaram. No lugar da Escola do Bem tem-se a escola das meninas (não distinguindo se são princesas ou vilãs) e ao invés da Escola do Mal está a escola dos meninos. As duas percebem, então, que a escolha feita, no livro antecessor, teve uma drástica consequência.

É como ler os bastidores dos contos de fadas, cheio de magia e poções. Quase remetendo a uma fábula. Com um toque divertido, uma história extremamente inusitada. Em um momento no qual os meninos/príncipes não são necessários, são de certa forma excluídos. Onde as princesas não querem e nem precisam ser salvas, já que elas mesmas são fortes e inteligentes o bastante para se cuidarem, sem ajuda. A insegurança e o medo dos personagens estão bem aflorados, principalmente em se tratando de Tedros, Agatha e Sophie os quais não sabem em quem confiar e acreditar.

A narrativa, em terceira pessoa, nos mostra como estão os dois lados da escola diante de tudo o que ocorre, se apresentando de forma bem estruturada. Eu já havia achado o primeiro volume com uma abordagem distinta. Mas, esse segundo, conseguiu se superar, e me impactou com todo o seu enredo. Uma história repleta de reviravoltas, é surpresa atrás de surpresa! Não tem como se frustrar com essa continuação.

Senti um certo tom de crítica ao demasiado pensamento de que os homens não são necessários. Claro que as mulheres também precisam de sua independência se garantindo e mostrando que também são fortes o bastante para não dependerem unicamente de seu príncipe. Mas, acredito que, deve existir certo equilíbrio, não ser exclusivamente nem um, nem outro.

Captura de Tela 2018-12-30 às 20.43.38

Mensagem:

A pressão que deve ter um príncipe e uma princesa de contos de fadas. O quanto eles precisam parecer perfeitos. Aqui, neste livro, vemos os contos quase como se estivéssemos nos bastidores. Percebendo que nem tudo é perfeito e às mil maravilhas. Que eles também são inseguros, tem problemas e dificuldades.

Às vezes, nós, como leitores, preferimos ver apenas o lado lindo e maravilhoso, principalmente se no fim tudo acaba de forma perfeita. Mas é necessário olhar o que cada um deles passou para estar ali. Abrir os olhos para ver que tudo tem um motivo e uma história por trás.

“Esse é o problema com contos de fadas. De longe, eles parecem perfeitos. Mas, de perto, são tão complicados quanto a vida real.”

Apresentando mensagens extremamente reais, mostrando o quanto a humildade e a empatia se fazem importantes. E como ser vilão ou herói depende, exclusivamente, de nós mesmos.

Soman Chainani / Gutenberg / Fantasia, Literatura estrangeira, infantojuvenil

stock-vector-vintage-gold-frame-on-a-white-background-graphic-vector-design-636295640

Ordem / Sequência dos Livros:

1. A Escola do Bem e do Mal 

2. Um Mundo Sem Príncipes 

3.  Infelizes Para Sempre

4. Em Busca da Glória 

5. (sem título no Brasil)

6. (sem título no Brasil)

O autor confirmou que irá lançar mais 3 livros para esta, a princípio, trilogia. A nova trilogia, que dará sequência – totalizando 6 livros na série – é intitulada como “The Camelot Years”.

 

Compre na  amazon-logo :  eBook / Físico

2 comentários em “A Escola do Bem e do Mal: Um Mundo Sem Príncipes”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s