Literatura Estrangeira, Uncategorized

A princesa salva a si mesma neste livro

angie lesterSinopse: “Amor e empoderamento em versos que levam os contos de fada à realidade feminina do século XXI A princesa salva a si mesma neste livro, de Amanda Lovelace, é comparado ao fenômeno editorial Outros jeitos de usar a boca, de Rupi Kaur, com o qual compartilha a linguagem direta, em forma de poesia, e a temática contemporânea. É um livro sobre resiliência e, sobretudo, sobre a possibilidade de escrevermos nossos próprios finais felizes. Não à toa A princesa salva a si mesma neste livro ganhou o prêmio Goodreads Choice Award, de melhor leitura do ano, escolha do público. Esta é uma obra sobre amor, perda, sofrimento, redenção, empoderamento e inspiração. Dividido em quatro partes (“A princesa”, “A donzela”, “A rainha” e “Você”), o livro combina o imaginário dos contos de fada à realidade feminina do século XXI com delicadeza, emoção e contundência. Amanda, aclamada como uma das principais vozes de sua geração, constrói uma narrativa poética de tons íntimos e cotidianos que acolhe o leitor a cada verso, tornando-o cúmplice e participante do que está sendo dito.”

stock-vector-vintage-gold-frame-on-a-white-background-graphic-vector-design-636295640

Compre na  amazon-logo :  eBook / Físico

 

Partes Favoritas:

Os sentimentos que cada verso me fez sentir, me fez viajar pelo tempo e me lembrar de momentos de aflição e ao mesmo tempo sentir gratidão. De forma emocionante e extremamente leve, com toques dramáticos.

“- o silêncio sempre foi meu grito mais alto.”

Comentários:

Um dos meus medos ao ler este livro de poesia era que ele fosse meio complexo e eu não conseguisse entender suas mensagens. Mas é bem claro qual o sentimento, o ambiente, a idade e quaisquer características que a história tenha, pela forma que a autora delineou cada verso. Mesmo que algumas páginas apresentem pouquíssimas palavras, o que está ali é tão forte e tão claro que é possível enxergar um ambiente completo sem a autora ao menos menciona-lo.

Não é um livro fofo de contos de fadas, mas sim uma história que faz analogia com as histórias de princesas. Sério e que se disfarça através dos versos de cada poema que se interliga um no outro para formar essa história. Tem como base o amadurecimento e algumas etapas da vida de uma menina (princesa). Cada verso mexeu muito comigo, principalmente após o segundo capítulo, onde a história fica cada vez mais forte e os sentimentos em cada palavra transbordam pelas páginas e a leitura fica totalmente desenfrada diante dos sentimentos que carrega.

Críticas a sociedade como um todo, se faz presente. Uma leitura rápida e que me fez sentir gratidão por tudo o que eu já passei e que me fizeram chegar até aqui! Me deixou extremamente pensativa sobre como amadurecemos e como lidamos com as coisas que vão acontecendo.

“- sempre me senti uma estranha na minha própria pele.”

Captura de Tela 2019-02-04 às 17.45.45

Mensagem:

Acho que foi a leitura que apresenta mais mensagens em cada linha, que o cerca, que eu já li! As mensagens que vou mencionar são apenas algumas, pois onde quer que você abra este livro encontrará uma mensagem nova a cada dia e etapa de sua vida.

Primeiramente percebi a descoberta do próprio ambiente onde se vive e as pessoas que o cercam. Depois, notei o quanto podemos facilmente aprender com os infortúnios que vivemos, eles são capazes de nos prender e também de nos libertar de nós mesmos. Mas, para nos libertar, precisamos primeiro estar presos, ou seja, passar por situações indesejáveis. Todos passamos por situações que gostaríamos de voltar atrás e muda-las, mas elas foram completamente necessárias para construirmos o castelo em que moramos hoje.

“- depois aprendi que a sociedade é que está doente, não eu.”

Amanda Lovelace / Leya / Literatura estrangeira, poesia

stock-vector-vintage-gold-frame-on-a-white-background-graphic-vector-design-636295640

– EXTRA –

O livro que é dividido em quatro partes. O que eu percebi em cada etapa foi:

  • a princesa: é onde ela percebe a situação em que vive, os problemas que passa, tanto em casa quanto na escola. Percebe que não está feliz com o seu próprio modo de viver e se fecha em si mesma – ou em uma torre para seu príncipe a salvar.
  • a donzela: Quando tudo parece piorar cada vez mais, coisas que aparentemente estavam quietas começam a emergir e ela começa a dar valor ao que a rodeia. Também é o momento da descoberta da paixão, infelizmente junto com o ódio. Ao mesmo tempo que as coisas ruins aconteceram, ela também conseguiu dar valor – e se libertar da torre.
  • a rainha: A descoberta do amor e da gratidão, saber olhar para trás e ver lições e aprendizados, e até sentir saudade do que se passou.
  • você: Uma abordagem ampla dos 3 capítulos anteriores aplicando tudo na vida do leitor. Quase um grito da autora dentro da sociedade repressora, da sociedade que quer impor padrões e que tudo é ruim e errado. A qual não deixa sermos nós mesmos.

 

Compre na  amazon-logo :  eBook / Físico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s