Literatura Brasileira, romance, Uncategorized

A Gente dá Certo

angie lester (1)Sinopse: “Juliana e Rodrigo já foram amigos de infância, mas hoje são apenas dois desconhecidos que se reencontram em uma festa, depois de dez anos separados. No passado, eles viveram uma história de amor conturbada, mas hoje não conseguem sequer se reconhecer nos olhos um do outro. Na busca de resgatarem um romance conturbado, iniciam uma conversa nostálgica, tendo como trilha sonora os clássicos musicais da MPB e dos anos 2000. Recriam assim, aos olhos dos leitores, um delicioso musical literário, repleto de referências, mesclando canções e sentimentos para dar a nota perfeita.
Em um confronto emocional entre o passado e o presente, o que ainda restará deles? Será que o amor que eles deixaram para trás ainda existe ou é apenas uma lembrança agridoce?”

stock-vector-vintage-gold-frame-on-a-white-background-graphic-vector-design-636295640

Partes Favoritas:

Os momentos de nostalgia, que tive através das recordações dos personagens e as músicas presentes na playlist, tiveram um papel muito importante na minha leitura.

“Cada geração vai ter sua temporada e isso não é melhor ou pior. O mundo muda.”

Comentários:

Juliana e Rodrigo se encontram em uma noite e acabam relembrando tudo o que já passaram, assuntos nostálgicos e também sobre preconceitos e julgamentos. Uma única noite, cheia de conteúdo, importante para deixar todas as frustrações do passado no passado e se auto perdoar e perdoar o outro. Não achei uma história juvenil e fofinha, como eu esperava. Mas sim para adultos relembrarem seus momentos quando jovens. É cheia de reflexões com um final extremamente maduro e real.

Um livro regado de nostalgia, onde a cada lembrança vinha atrelada de uma trilha sonora, em sua maioria, MPB. A qual retratava exatamente o que os dois estavam querendo dizer um para o outro. A narrativa se faz em terceira pessoa, mas com trechos de memória em primeira pessoa. Confesso que os ver relembrando seus momentos me deu uma sensação de nostalgia muito gostosa. Muitas das músicas citadas eu conheci na minha infância e adolescência, lembrei de um tempo onde eu não tinha preocupação alguma.

Mensagens extremamente importantes se fazem presentes, mostrando que, às vezes, o outro acha que sua dor é sempre a pior, mas não sabe o que as pessoas passaram para sair julgando por ai. Acredito que a opinião do outro deve ser respeitada, pois não se sabe o motivo de ter tomado aquela decisão e/ou opinião. Não sabemos a bagagem de cada um, suas dores e seus atuais infortúnios para falar que sua escolha ou opinião são errados. Se tornando um enredo que mexe com nossos pensamentos e crenças.

Captura de Tela 2018-11-29 às 16.17.30

Mensagem:

A nossa dor não pode ser comparada com a do outro, pois não existe escala de sofrimento, existem diferentes momentos que cada um passou. Cada um lida com as coisas de formas diferentes, não se fazendo necessários julgamentos quanto a isso.

Percebi, meio que nas entrelinhas, certo preconceito e julgamento como um dos assuntos principais. Me fez perceber, ainda mais, o quanto o preconceito e o julgamento começam por nós mesmos. Muitos julgando um ao outro sem nem saber o motivo de a pessoa fazer tais escolhas, sem respeitar a opinião do próximo. Pensando que só a sua própria opinião, dores e escolhas são as corretas, enquanto não existe certo ou errado. Existe apenas a escolha e opinião de cada um.

“Nossa essência permanece a mesma.”

stock-vector-vintage-gold-frame-on-a-white-background-graphic-vector-design-636295640

Leonardo Antan / Rico Editora / Literatura Brasileira, romance

– EXTRA – 

Playlist do Livro: 

 

 

 

4 comentários em “A Gente dá Certo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s