fantasia, ficção cientifica, Literatura Estrangeira, Uncategorized

Uma Dobra no Tempo #1

sa 2

Sinopse: “Um clássico da fantasia e da ficção científica emerge!7A0661
Era uma noite escura e tempestuosa; a jovem Meg Murry e seu irmão mais novo, Charles Wallace, descem para fazer um lanche tardio quando recebem a visita de uma figura muito peculiar.
“Noites loucas são a minha glória”, diz a estranha misteriosa. “Foi só uma lufada que me pegou de jeito e me tirou da rota. Descansarei um pouco e seguirei meu rumo. Por falar em rumos, meu doce, saiba que o tesserato existe, sim.”
O que seria um tesserato? O pai de Meg bem andava experimentando com a quinta dimensão quando desapareceu misteriosamente… Agora, com a ajuda de três criaturas muito peculiares, chegou o momento de Meg, seu amigo Calvin e Charles Wallace partirem em uma jornada para resgatá-lo. Uma jornada perigosa pelo tempo e o espaço. 
Uma dobra no tempo é uma aventura clássica, que serviu de inspiração para os mestres da fantasia e da ficção científica do mundo, agora adaptada para os cinemas pela Disney. Junte-se à família Murray nesta jornada, entre criaturas fantásticas e novos mundos jamais imaginados.”

border-159926_960_720

Idade de leitura indicada: +8

Resenha: 

A melhor parte é o fato de ter viagens entre mundos! Um livro com uma leitura extremamente leve. Porém, por ser um livro que virou filme, eu esperava bem mais, acabei por criar uma expectativa enorme. A história é conduzida no estilo dos filmes produzidos pela Disney, como “John Carter – Entre Dois Mundos” e “Tomorrowland – Um Lugar Onde Nada é Impossível”.

Margaret Murry e seu irmão Charles Wallace não têm notícias do pai há algum tempo, até que 3 mulheres surgem e oferecem levá-los até o pai. Antes de partirem, Calvin O’Keefe, amigo de Meg, aparece e acaba por ir com eles. Juntos, os 3 visitam planetas através de “uma dobra no tempo”, a qual permite o transporte. O enredo caracteriza os seus cenários e as criaturas presentes, ativa muito a criatividade do leitor!

Uma mensagem importante que o livro traz é a de se vivêssemos sem preocupações – o que todos desejamos, todos os dias pela manhã – não teríamos pelo que lutar. A narrativa tem um leve ar bobo, talvez pelos protagonistas serem crianças. Não é uma leitura ruim, mas já li melhores os quais poderiam e deveriam ter suas histórias em filmes.

Algo que me deixou um tanto quanto chateada, foi o fato de as viagens pelos planetas não parecerem ter um grande propósito. Ficou meio vago, em minha opinião, a importância do pai para as pessoas que ajudaram as crianças. Dando a impressão de a aventura ter sido apenas imaginação dos irmãos.

“As coisas que são vistas são temporais. As coisas que não são vistas são eternas.”

Captura de Tela 2018-07-07 às 11.12.36

Sequência dos Livros:

1. Uma Dobra no Tempo

2. Um Vento à Porta

3. Um Planeta em seu Giro Veloz

4. Muitas Águas

2 comentários em “Uma Dobra no Tempo #1”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s