aventura, ficção cientifica, Literatura Estrangeira, Uncategorized

O Guia Definitivo do Mochileiro das Galáxias

angie lesterSinopse: “OS CINCO LIVROS DA CULTUADA SÉRIE O MOCHILEIRO DAS GALÁXIAS REUNIDOS EM UM ÚNICO E DEFINITIVO VOLUME Com mais de  15 milhões de exemplares vendidos, a saga de Arthur Dent pela Galáxia conquistou fãs pelo mundo inteiro. O humor ácido e as tramas surreais de Douglas Adams se tornaram ícones de uma geração e seguem fascinando leitores de todas as idades. Reunindo todos os livros da série em uma edição de luxo, O Guia Definitivo do Mochileiro das Galáxias vai levar você por aventuras improváveis. Pegue sua toalha, divirta-se e não entre em pânico! – O Guia do Mochileiro das Galáxias – Segundos antes de a Terra ser destruída, Arthur Dent é salvo por Ford Prefect, um E.T. que fazia pesquisa para a nova edição de O Guia do Mochileiro das Galáxias. Pegando carona numa nave alienígena, os dois dão início a uma alucinante viagem pelo tempo e pelo espaço. – O Restaurante no Fim do Universo –  Arthur Dent e seus companheiros viajam pela Galáxia em uma busca desesperada por algum lugar para comer. Depois de fazer a refeição mais estranha de suas vidas, eles seguem pelo espaço e acabam descobrindo a questão fundamental sobre a Vida, o Universo e Tudo Mais. – A Vida, o Universo e Tudo Mais –  Após passar os últimos cinco anos abandonado e sozinho na Terra pré-histórica, Arthur Dent é arrastado para uma nova missão: salvar o Universo dos temíveis e infelizes robôs xenófobos do planeta Krikkit. – Até Mais, e Obrigado pelos Peixes! – Depois de viajar pelo Universo, ver o aniquilamento da Terra, participar de guerras interestelares e conhecer criaturas extraordinárias, Arthur Dent está de volta ao seu planeta. E tudo parece estranhamente normal – exceto pelo desaparecimento dos golfinhos. – Praticamente Inofensiva –  Arthur Dent, Ford Prefect e Tricia McMillan se reencontram após muitos anos vivendo separados. Mas o que deveria ser uma festejada reunião de velhos amigos se transforma numa terrível confusão que põe em risco – mais uma vez – a vida de todos.”

border-159926_960_720

Douglas Adams / Literatura Estrangeira, Ficção Científica / Arqueiro

Partes Favoritas:

A ambientação de ficção científica que os livros da série ganham dão uma grande dose de aventura, mostrando lugares inimagináveis explorados pelos protagonistas tornando a leitura bem humorada e divertida. Dá a impressão de se estar viajando junto dos personagens e descobrindo as galáxias e novos mundos.

“É um fato importante, e conhecido por todos, que as coisas nem sempre são o que parecem ser.”

Eu também gostei muito das críticas presentes em toda a narrativa; pontos reflexivos que fazem a diferença!

“Tudo o que você vê, ouve ou vivência de qualquer jeito que seja é específico para você.”

Comentários:

O exemplar engloba 5 livros em um só e com muita inteligência o autor nos mostra o que acontece a Arthur Dent e seu amigo Ford Prefect, após a Terra ser destruída para sempre. O Guia do Mochileiro das Galáxias é um item carregado por todo lado pelos protagonistas em aventuras pelas Galáxias e por planetas com seres distintos. Conta, ainda, com trechos divertidos e um humor bastante curioso em cada situação vivida no universo, extremamente criativo. Estão presentes também críticas e observações sobre a humanidade a respeito de pensar e acreditar nas coisas! Todo o contexto traz objetos, seres com consciência e acontecimentos marcantes que só aparecem nesse livro de todos que já li.

A história presente nas páginas me surpreendeu bastante. Parece que tudo foi extremamente calculado para ser colocado em cada capítulo, participando de uma incrível improbabilidade totalmente provável e ao mesmo tempo tirando a realidade e a coesão! Curioso, único e extremamente interessante são adjetivos bem enquadrados para tudo o que vai se revelando! As aventuras não me deixaram largar essa leitura, me fazendo sonhar com galáxias e planetas distantes. Os pontos de ficção científica fazem seu leitor pensar sobre. No entanto, no terceiro e quarto volumes, as situações fogem do controle, por vezes de maneira maçante, e parecem um tanto quanto loucas e algumas abordagens com viés sem sentido. Como se o autor tivesse se empolgado muito com as impossibilidades de sua própria narrativa, apesar disso continua sendo um enredo que se interliga, inédito e de personalidade.

Eu só conhecia tal enredo através do filme lançado em 2005 e de um tempo pra cá comecei a ter curiosidade em conhecer a narrativa, em terceira pessoa, e seus pormenores. É visível, em seu fim, o quanto a estrutura de todo o texto e cada evento do livro é importante para se entender suas mensagens e reflexões. Porém não esperava tal finalização e fiquei bastante em choque com o que se seguiu!

IMG_7809

  • O Guia do Mochileiro das Galáxias: Nesse primeiro volume há uma introdução de tudo o que envolve as galáxias e o planeta Terra. Arthur Dent está bastante preocupado com sua vida humana quando algo totalmente improvável e surreal acontece: o planeta Terra será destruído! Seu amigo Ford Prefect, um extraterrestre, o salva e juntos vão descobrir muitas situações que parecem estar coincidentemente ligadas. Aventuras espaciais tão gostosas de serem lidas fazem parte de todo o enredo!
    Eu mal percebi quando terminei esse primeiro. A curiosidade de conhecer a história mantém seu leitor, que gosta de uma boa dose de ficção científica, conectado até o fim das páginas.

“Talvez eu esteja velho e cansado, mas acho que a probabilidade de descobrir o que realmente está acontecendo é tão absurdamente remota que a única coisa a fazer é deixar isso pra lá e simplesmente arranjar alguma coisa pra fazer.”

  • O Restaurante no Fim do Universo: Esse segundo livro foca mais em Zaphod Beeblebrox e como há algo oculto em suas atitudes, que foi mencionado pouco no primeiro volume; aqui é aprofundado, é interessante compreender o quanto tudo o que vem acontecendo foi planejado e tem um motivo. O impossível e o irreal tomam conta da leitura, tão bem esclarecidos e organizados em cada situação apresentada que me questiono se um pouco de realidade não faz parte do irreal! Tal questionamento também pode ser considerado a base que faz seus protagonistas e o seu leitor pensarem sobre.
    Como pano de fundo, dando nome ao título, se tem um restaurante construído no exato ponto em que o universo chega ao fim, no futuro! Totalmente conectado ao livro anterior surgindo novas aventuras e viagens no tempo.

“O Universo, como já foi dito anteriormente, é um lugar desconcertantemente grande, um fato que, para continuar levando uma vida tranquila, a maioria das pessoas tende a ignorar.”

  • A Vida, o Universo e Tudo Mais: Notei esse terceiro com tons mais sérios em relação aos outros. Os personagens parecem cansados e até um tanto loucos, com o psicológico abalado e tomando atitudes que não tomariam no primeiro instante. O destaque dado nessa alteração psicológica parece bem real. Percebi a escrita do autor um pouco mais rica em detalhes, nesta obra em específico, fazendo a leitura, em alguns momentos, deixar de ser fluida se tornando quase maçante. Abordando uma questão de sobrevivência!
  • Até Mais, e Obrigado pelos peixes!: Esse quarto livro mostra a vida de Arthur Dent, após anos vivendo bem distante, se encontrando exatamente no local onde toda a série começou, na Terra. Mas entra o questionamento: o planeta não tinha sido exterminado?
    O enredo desse volume se desenrola com essa pergunta pontando para ser respondida e traz um pouco da vida desse protagonista em seu planeta natal; conhecendo o amor e aplicando seus conhecimentos das viagens através das galáxias em seu cotidiano. As coincidências ganham destaque, pormenores se conectam de maneira que os próprios personagens mal fazem ideia.
    Senti esta narrativa mais lenta por não apresentar aventuras em planetas desconhecidos com seres inimagináveis. Acabou sendo o que eu menos gostei.

“Nunca antes percebera que a vida está sempre falando com uma voz que responde às perguntas que você vive fazendo sobre ela; (…)”

  • Praticamente Inofensiva: Esse último livro retoma a aventura nas galáxias, os protagonistas se reencontram de maneira inusitada e começamos a ver cada um vivendo sua vida separadamente e tendo de se virar; incrivelmente de maneira bastante similar com o que viveriam se estivessem no planeta Terra. O tom de finalização da série traz ainda mais mensagens e reflexões interessantes. Fechando todo o enredo de maneira a deixar seu leitor pensando sobre tudo o que foi sendo exposto em cada página desse mega guia, de forma ímpar e chocante, em minha opinião.

“A história da Galáxia ficou meio confusa por vários motivos: em parte porque aqueles que tentavam acompanhá-la ficaram meio confusos, mas também porque coisas incrivelmente confusas aconteceram de fato.”

IMG_7794

Mensagem:

Acredito ser possível tirar diversas mensagens filosóficas de todos os cinco livros. Contudo, o mais impactante, em minha opinião, é o fato de que talvez não importe o lugar na galáxia o qual nos encontremos ou as escolhas feitas, o destino final talvez possa ser exatamente o mesmo, apenas o caminho e os pormenores diferentes. Ou talvez tudo seja apenas suposição e apenas vivendo para se entender o que realmente nos aguarda e o quanto da vida é possível aproveitar.

“É loucura dizer que você sabe o que está acontecendo com as outras pessoas.”

Uma grande mensagem para mim é a respeito do quanto podemos aproveitar a vida e levar o melhor que ela pode trazer.

“Você veio atrás de um conselho, mas não consegue lidar com nada que não conheça.”

Todo o contexto é bastante reflexivo em perceber como é a mente do ser humano hoje em diferentes situações.

“A tensão nervosa e o estresse são agora problemas sociais sérios em todas as partes da Galáxia, (…)”

 

border-159926_960_720

– Extra –

O filme me surpreendeu por ter diversos detalhes marcantes e semelhantes aos livros, principalmente com relação à personalidade dos personagens e algumas missões. Muitas situações bem divertidas de serem assistidas, me lembrei quando assisti a primeira vez, há mais de 10 anos atrás, e fique curiosa em saber mais. Por serem cinco volumes na série muita coisa foi deixada de lado, e afirmo que o filme representa resumidamente o ocorrido no primeiro livro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s