Literatura Estrangeira, romance, Uncategorized

Geekerela

angie lester (1)Sinopse: “Um divertido romance que traz a clássica história de Cinderela para os dias de hoje. Quando Elle Wittimer, nerd de carteirinha, descobre que sua série favorita vai ganhar uma refilmagem hollywoodiana, ela fica dividida. Antes de seu pai morrer, ele transmitiu à filha sua paixão pelo clássico de ficção científica, e agora ela não quer que suas lembranças sejam arruinadas por astros pop e fãs que nunca tinham ouvido falar da série. Mas a produção do filme anunciou um concurso de cosplay numa famosa convenção valendo um convite para um baile com o ator principal, e Elle não consegue resistir. Na Abóbora Mágica, o food truck vegano onde trabalha, ela encontra a ajuda de uma amiga cheia de talentos para moda que vai criar o traje perfeito para a ocasião. Afinal, o concurso é a chance de Elle se livrar das tarefas domésticas impostas pela terrível madrasta e das irmãs postiças malvadas. Já Darien Freeman, o astro adolescente escalado para ser o protagonista do filme, não está nada ansioso para o evento, embora o papel seja seu grande sonho. Visto como só mais um rostinho bonito, o próprio Darien também está começando a achar que se tornou uma farsa. Até que, no baile, ele conhece uma menina que vai provar o contrário. Esta releitura de Cinderela transporta para o universo nerd os principais elementos do clássico conto de fadas, fazendo uma verdadeira homenagem a todos aqueles que sabem o que é ser fã e se dedicar de coração àquilo que amam.”

stock-vector-vintage-gold-frame-on-a-white-background-graphic-vector-design-636295640

Compre na  amazon-logo :  eBook / Físico

Ashley Poston / Intrinseca / Literatura Estrangeira, Jovem Adulto, Romance

Partes Favoritas:

No início, achei que a parte que eu mais fosse gostar seria o fato de se tratar de uma espécie de releitura moderna da Cinderela. Porém, o que eu realmente gostei foi o diferencial enrustido nesta história, a parte que trata sobre as características e todo o mundo que ser nerd envolve.

“Quando não vencemos uma batalha, tentamos de novo com armas melhores.” – Episódio 14 “Sempre há tempo para o espaço.”

Comentários:

O livro traz uma versão nerd leve e divertida da Cinderela, com direito a uma abóbora  mágica como locomoção e uma colega de trabalho fada/amiga madrinha, me remetendo até a um filme de sessão da tarde. Elle Wittimer está empolgada com a refilmagem de sua série favorita que, inclusive, traz muitas lembranças já que seus pais também adoravam. Porém, o ator escolhido para o papel principal não parece a agradar muito, principalmente por ele parecer não saber absolutamente nada da série tão importante pra ela. Darien Freeman é o conquistador de uma horda de fãs malucas pela sua aparência e o novo protagonista da série nerd que Elle tanto adora!

A história transporta totalmente seu leitor para o lado nerd. Além de mostrar a narrativa, em primeira pessoa, tanto pelo lado de Elle quanto de Darien o que permite a conexão de vários pontos durante todo o enredo. Também, conhecemos de perto a sensação e os detalhes de estar em uma convenção participando como cosplay, junto de toda a energia e os sentimentos que o ambiente é capaz de proporcionar. Eu, que nunca participei de algo como cosplay, fiquei totalmente empolgada para estar junto dos personagens nesse momento tão divertido e único! No entanto, senti que algumas cenas ficaram lentas demais o que me fez demorar pra terminar o livro, cenas que poderiam ter sido “enxugadas”.

O mais interessante, no enredo, é o quanto os personagens acabam se descobrindo e conhecendo um ao outro de uma maneira mais madura, sem julgar o outro pelo que acham. Mas, sim, pelo que o outro realmente é; e sem se auto cobrar no processo. Ainda percebem o que realmente querem para suas vidas tomando posturas e as rédeas das situações. É muito bonito de ver o amadurecimento no desfecho da trama.

“Talvez, nesta convenção, os mundos estejam colidindo e nada seja impossível.”

Captura de Tela 2019-06-16 às 20.56.28

Mensagem:

Julgamentos, principalmente em se tratando dos dois personagens principais. Por ser famoso Darien Freeman acabou sendo julgado, por diversas vezes, durante toda a narrativa e percebi Elle Wittimer se auto julgando uma pessoa que não merecia certas coisas, quando ela merecia sim!! Então, na minha opinião, tanto o julgamento de terceiros como o próprio julgamento não deve nos impedir de sermos e fazermos o que temos vontades. Principalmente, não deve impedir que sejamos nós mesmos e que possamos viver momentos mágicos se assim quisermos!

“Sou o possível e o impossível.”

stock-vector-vintage-gold-frame-on-a-white-background-graphic-vector-design-636295640

Compre na  amazon-logo :  eBook / Físico

 

2 comentários em “Geekerela”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s